Testei: Base Infallible Pro- Matte I Loreal

Mais um resenha de um dos produtos que comprei em NYC! Uhuuul! Trouxe comigo, entre muitas coisas, a Base Infallible Pro-Matte da L’oreal. Se você ainda não viu minhas comprinhas, é só clicar aqui!

http://bit.ly/2rGbwDk

Segundo a marca promete, a base tem uma textura leve e suave com acabamento semi-matte que dura até 24h na pele, escondendo imperfeiçoes.

Como vocês sabem, eu não sou a maior fã de base matte. Prefiro uma base que deixe a pele mais iluminada e com um glow mais natural. Porém, como essa base promete um acabamente semi-matte e uma textura leve, resolvi testar.

resenha-base-infallible-pro-matte-loreal-giuli-castro

A embalagem é em bisnaga e em plástico fosco. Achei super ok e até facilita para levar na necessaire porque a embalagem é leve. Acho super prática. O bico é do tipo que tem que prestar muita atenção na hora de usar, porque depois que saiu, não tem como guardar de volta.

Um PS no meio do post: Ah, eu sempre comento isso, mas mesmo que alguma embalagem tenha como devolver, não é aconselhável, pois como já saiu e teve contato com a sua mão ou com alguma plaquinha, pode contaminar toda a base que está na embalagem, ok?! Então, independente da embalagem, muito cuidado ao retirar o produto. Melhor tirar várias vezes um pouquinho do que tirar uma vez só e uma quantidade enorme que você não vai usar e vai desperdiçar.

resenha-base-infallible-pro-matte-loreal-giuli-castro

Ela é bem liquida e tem uma textura super leve. Muito fácil de aplicar tanto com a esponjinha quanto com o pincel. Ela não seca super rápido, mas não pode enrolar muito para espalhar. Depois que secou, você não consegue espalhar mais e vai ficar manchado. O ideal é aplicar primeiro de um lado e depois do outro.

Eu, particularmente, não gosto de aplicar base com os dedos, então nunca testei. Porém, no site da marca, eles dizem que também pode ser aplicado com os dedos.

Ela tem 12 tonalidades. Eu sempre tenho muita dificuldade em achar exatamente o tom da minha pele e como não tinha tester, eu optei por comprar duas cores {102 e 103 – a segunda e a terceira mais clara}. Achei que fiz uma boa escolha, pois a 102 é mais rosada e mais clara que a minha pele {na foto, é a debaixo} e a 103 é amarelada e um pouco mais escura {na foto, é a de cima}. A misturinha deu certo!

resenha-base-infallible-pro-matte-loreal-giuli-castro

Pele sem nada l Pele com uma camada de base l maquiagem completa l 6h depois da aplicação da base

A cobertura dela é muito boa e bem leve. O acabamento semi-matte deixa a pele com um iluminado natural, sem parecer oleoso e sem deixar molhada ou melada. A pele fica bem sequinha com aspecto natural. Não deixa a pele com aparência de rebocada. Eu usei durante o meu dia de trabalho e achei a duração bem boa. Ela transfere um pouco, mas nada que me incomode. Nunca testei por 24h, por que, ne?! Trabalhamos com banho diário {as vezes até mais de um hahaha} e limpeza da pele 2x ao dia hahahaha

O que achei?! A base cumpre o que promete {só não consegui testar as 24h de durção}. Ela deixa a pele como eu gosto, com um aspecto natural, principalmente depois de uns 30min que apliquei porque nesse tempo ela já fundiu bem com a pele. Achei que durou o tempo que eu preciso. A cobertura é do jeito que eu gosto, bem natural sem parecer um reboco. Eu não tenho muitas manchas na pele {só algumas sardinhas} e bem pouca olheira, então para mim, ela deu super certo. A minha pele é normal e madura {já tenho 35 anos, né?}  e eu tinha muito medo dela craquelar e marcar as minhas linhas de expressão e dar muito errado, mas me surpreendeu positivamente. Sobre a embalagem, eu realmente gostei porque é muito leve. Ela é uma base baratinha, então acho que super justifica uma embalagem mais simples. Super indico a base, principalmente para quem gosta de usar base no dia a dia.

Usei a base nesse vídeo e vocês podem ver como ela se comporta em vídeo e luz artificial. Dá para perceber que apesar da luz artificial, continua com uma aparência natural. Para quem não sabe, a luz artificial aumenta o brilho da pele e mesmo assim, essa base não fica com aspecto oleoso.

resenha-base-infallible-pro-matte-loreal-giuli-castro

Os ingredientes para vocês verificarem se tem alergia conhecida a algum deles antes comprarem ;)

Como eu contei, eu comprei na Harmon em NY. Nos EUA, você pode encontrá-la nas farmácias e custa por volta de U$14. Se você quiser comprar e não vai viajar, eu indico a Ana do instagram @bugigangas.

Já conheciam essa base? Gostam dela? Qual a base que vocês estão mais gostando agora?!

Beijos

Testei: Shampoo & Condicionador Fructis Liso Absoluto | Garnier

Mais um shampoo que quase acaba e não ganha post por aqui. Estou usando o Shampoo e Condicionador Fructis Liso Absoluto há um tempinho e vou contar tudo que achei deles.

resenha-shampoo-condicionador-fructis-lisoabsoluto-giulicastro

Segundo a marca, a linha Liso Absoluto tem fórmulas enriquecidas com concentrado ativo de frutas que atuam desde o interior para alinhar a estrutura dos fios. Garantem assim, um liso mais controlado e sem frizz, proporcionando maciez e brilho. Sua fórmula purificante ajuda a reduzir a oleosidade garantindo  leveza e frescor desde a raiz.

resenha-shampoo-condicionador-fructis-lisoabsoluto-giulicastro

O shampoo é perolado e sempre que vejo um shampoo assim fico bem receosa. Em geral, eu procuro usar shampoos transparentes porque meu fio é fino e a minha raiz e oleosa. Mas ele limpou bem meu cabelo, não ressecou e deixou bem soltinho.

resenha-shampoo-condicionador-fructis-lisoabsoluto-giulicastro

O condicionador é branquinho e bem consistente. Eu nunca uso só condicionador no meu cabelo porque tenho luzes e as pontas requerem bastante cuidados. De qualquer forma, assim que passei o condicionador, senti que meus cabelos desmaiaram, ficaram bem macios.

resenha-shampoo-condicionador-fructis-lisoabsoluto-giulicastro (6)

Composição do shampoo

resenha-shampoo-condicionador-fructis-lisoabsoluto-giulicastro (6)

Composição do condicionador

Como vocês sabem, eu não sei tudo sobre no/low poo, porém vi que tem sulfato no shampoo e acho que não é permitido. Mas acho que vocês que entendem melhor e usam a técnica conseguem avaliar melhor.

O que eu achei?! Confesso que não tinha nenhuma expectativa sobre o produto. Eu só tinha usado a linha Fructis uma única vez, logo que eles vieram para o Brasil e não tive uma boa experiência. Mas dessa vez, foi completamente diferente. O shampoo limpou super bem meu cabelo e sem agredir. Não ficou ressecado! Lavo os meus cabelos dia sim e dia não e consegui continuar no mesmo esquema com essa dupla. Realmente controlou a oleosidade da minha raiz. Quanto ao frizz, eu também achei que controlou bastante, mas eu uso sempre alguma máscara e um leave-in. Porém, como uso sempre esses produtos com qualquer dupla de shampoo e condicionador, eu achei que eles ajudam a controlar sim. Ou pelo menos, não aumentaram. O cheiro dele é bem característico da linha Fructis e eu não gosto muito, mas não chega a me incomodar. Gostei bastante da dupla e com certeza compraria novamente.

O shampoo e o condicionador custam por volta de R$8,00 cada um. Pode ser encontrado em farmácias, drogarias, perfumarias e supermercados.

Quem já usou? Gostaram? Qual é a dupla de shampoo e condicionador que vocês mais gostam?

Beijos

Batom da Vez: Clueless | Colourpop

Eu tenho uma coleção enorme de batons, mais de 200! E nunca consigo trazer todos para cá! Mas hoje, eu trouxe a resenha do Clueless da Colourpop.

resenha-batom-clueless-colourpop-giuli-castro

O Clueless é um batom líquido matte da Colourpop. Ele chegou aqui em casa na minha primeira compra da marca e já foi amor a primeira vista.

O meu é a versão mini, pois comprei o kit Foxy. Esse kit vem com 5 batons, inclusive o More Better que já teve resenha aqui no blog. Apesar de pequena, a embalagem é igual a versão normal. Ela é como uma embalagem de gloss, transparente com a tampa cromada. A única coisa que me incomoda muito nessa embalagem é que vem escrito a marca e o nome da cor e com o tempo vai apagando até sumir. Nas embalagens maiores, o nome da cor vem escrito embaixo e não sai.

O aplicador também é muito parecido com o de gloss, com uma esponjinha na ponta. Como a versão é mini, o aplicador também é menor, o que me dá mais firmeza para aplicar.

resenha-batom-clueless-colourpop-giuli-castro

Ele é super sequinho, quando você passa na boca, ele seca quase imediatamente. A única coisa ruim disso é que se você borrar, vai precisar de um cotonete e demaquilante ou água micelar para corrigir. Mas mesmo assim, acho que ainda é uma vantagem ele ser super sequinho.  Ele não fica desconfortável na boca. Porém, se você gostar dele menos seco, também pode passar um lipbalm antes de aplicar. Em geral, eu sempre aplico o lipbalm quando passo batons matte porque acho que facilita a aplicação também.

A cor dele é um nude rosado {bem rosado!} que nos deixa com cara de saúde. É aquele batom para toda hora, todo dia. Do tipo que deixamos na bolsa, sabe?!

resenha-batom-clueless-colourpop-giuli-castro

Do kit que eu comprei é a cor que mais uso, amo demais! Ele não sai, tem uma duração incrível. Você pode comer, beber, que ele está la. Em mim também não craquelou. Eu já passei o dia todo com ele e quando olhei no espelho, ele ainda tava la.

resenha-batom-clueless-colourpop-giuli-castro

resenha-batom-clueless-colourpop-giuli-castro

O kit Foxy custa U$18 com 5 batons em versão mini e o batom avulso no tamanho normal custa U$6, ambos no site da Colourpop que entrega no Brasil. Caso você não queira fazer compras internacionais, também podem comprar com a Ana Carolina do @bugigangas. Esse meu kit eu comprei com ela :) É super de confiança.

Eu tô que tô nas resenhas, hein?! Resolvi tirar o atraso de tudo e contar tudo de todos os produtos que tenho! Sei que ainda vai demorar um tempo para zerar {se é que vou conseguir zerar}, mas estou aqui tentando, hein?! Se vocês viram meus vídeos de comprinhas em NYC, me deixem aqui nos comentários sobre o que vocês querem resenha primeiro!

Gostaram?! Qual é o batom da vez de vocês?!

Beijos