Eu Li: Menina de Vinte | Sophie Kinsella

Chick-it sempre foi meu estilo de leitura favorito e o que também me fez querer sempre um livro diferente. Sei que é uma leitura leve, rasa; mas também é uma leitura divertida.

Gosto de incentivar a leitura. Sou do time que se você está lendo alguma coisa, mesmo que seja o rótulo de um cosmético ou o pacote de uma bolacha, está valendo. O importante é ler.

Ler é hábito e depois que eu me habituei a ler, sempre começo um livro já pensando no próximo que vou ler. Então, não, eu não tenho preconceito com chick-lits e apesar de eu ter começado a ler vários outros tipos de livros {você já viram várias resenhas de não chick-lits por aqui}, eu ainda vou lê-los eventualmente.

Tudo isso para falar que a resenha de hoje é de um chick-lit: Menina de Vinte da Sophie Kinsella. Sophie passou a ser a minha segunda favorita autora desta categoria de livros. A primeira vai ser para sempre Marian Keyes. Marian foi a autora que me fez amar ler e querer estar sempre lendo. Então, acho que ninguém vai conseguir tirar este posto de autora favorita dela.

Sinopse: A vida de Lara Lington não está nada fácil. A melhor amiga e sócia decide curtir um tórrido caso de amor em Goa, deixando o escritório de caça-talentos em suas mãos pra lá de inexperientes. Josh, o ex-namorado, ainda é uma questão mal resolvida em sua vida: ele mudou o número de telefone depois de todas as mensagens malucas que ela deixou e não quer encontrá-la para uma última conversa. Agora, além de ficar ouvindo sermão de seus pais sobre sua carreira e vida amorosa, ela tem que acompanhá-los ao funeral de sua tia-avó de 105 anos, Sadie Lancaster, que ela nunca conheceu! E ainda tem que aturar o tio bilionário, dono de uma famosa rede de cafés, que trata o resto da família como se todos fossem de uma classe inferior, prontos a pedir algum favor a ele. Lara está contando os minutos para se livrar de sua chata obrigação familiar quando o inesperado acontece: ela ouve uma moça, com seus vinte e poucos anos e com roupas da década de 20, exigindo, aos berros, que parem o funeral e que ela precisa de seu colar para descansar em paz! O problema é que, aparentemente, só Lara consegue vê-la. Dona de uma imaginação fértil, ela começa a acreditar que ficou louca de vez. Até porque, fantasmas não existem, não é mesmo?

Cortei um pedaço da sinopse para não dar muitos spoilers.

Menina de Vinte de Sophie Kinsella

Menina de Vinte é uma leitura leve e divertida. Quando comecei a ler, confesso que fiquei desapontada. Não gostei dele nas primeiras páginas, mas dificilmente eu desisto de um livro. Quando você me ouvirem dizer que eu desisti de algum, é porque eu tentei de todas as formas possíveis e impossíveis. Enfim, continuei dando uma chance para ele e perto da página 100, eu já estava apegada as personagens principais.

Lara Lington sempre metida em confusões e não consegue se livrar delas. Sempre tentando de formas que você, que está lendo, sabe que não vai dar certo, mas ela vai mesmo assim. Muitas vezes, ela consegue resolver e você fica se perguntando: Como ela conseguiu?!

Sadie sempre está colocando Lara em situações complicadas, Lara não consegue dizer “não” para Sadie e quando o fala, ficar remoendo, até voltar atrás e fazer as vontades de Sadie. Muitas vezes, você vai ter raiva, muita raiva, de Sadie.  Mas faz parte da história e da diversão.

Apesar de ser um chick-lit, o romance não é o foco principal do livro. Além disso, de maneira bem sútil, a autora aborda também os problemas da velhice, do abandono da família.

Depois que me envolvi no livro, não consegui mais parar de ler. Cada capítulo que acabava, eu já queria ler o próximo e minha expectativa ia só aumentando. Eu amei esse livro! 

Se você está procurando uma leitura leve para desopilar do stress do dia a dia, super recomendo. Com certeza, você vai dar muitas risadas!

Para quem não sabe, eu tenho uma conta do Good Reads e no Skoob. Quem quiser saber os livros que já li ou estou lendo e quiser interagir comigo, é só me adicionar por lá {clicando nos nomes dos sites aqui em cima, vocês já serão redirecionados para o perfil}.

Quem já leu?! Gostou?!

Beijos!

 

Para compras na Saraiva pelo link acima, use o cupom REWARD10 para 10% de desconto em livros {exceto livros didáticos, digitais e importados} e o cupom REWARD20 para 20% de desconto em livros digitais.

Se cadastrem no Méliuz! Além de cupons desconto, você recebe parte do seu dinheiro de volta. Tem muita loja legal cadastrada! Vale a pena!

Faça um comentário

Comentários