Eu li: Holocausto Brasileiro | Daniela Arbex

O livro de hoje é o Holocausto Brasileiro da escritora brasileira Daniela Arbex. Fazia muito tempo que eu não lia escritores brasileiros e essa foi uma indicação de um clube do livro que eu faço parte.

Sinopse: Durante décadas, milhares de pacientes foram internados à força, sem diagnóstico de doença mental, num enorme hospício na cidade de Barbacena, em Minas Gerais. Ali foram torturados, violentados e mortos sem que ninguém se importasse com seu destino. Eram apenas epilépticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, meninas grávidas pelos patrões, mulheres confinadas pelos maridos, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento. Ninguém ouvia seus gritos. Jornalistas famosos, nos anos 60 e 70, fizeram reportagens denunciando os maus tratos. Nenhum deles — como faz agora Daniela Arbex — conseguiu contar a história completa. O que se praticou no Hospício de Barbacena foi um genocídio, com 60 mil mortes. Um holocausto praticado pelo Estado, com a conivência de médicos, funcionários e da população.

livro holocausto brasileiro de Daniela Arbex por Giuli Castro

Minha primeira dica para quem quer ler esse livro é: prepare o psicológico e o estomago. Por varias vezes, eu pensei em desistir ou em vomitar. É um história muito triste do passado do nosso país, mas que eu acho que todos devemos saber para não esquecermos e nem cometermos os mesmos erros.

Muita gente não sabe o que acontecia por lá. Muitas pessoas desinformadas acham que lá era o único lugar que existia para tratar as pessoas. Quando na verdade, ali ninguém era tratado. Todos eram muito maltratados. Não podemos esconder essa história com a desinformação. Precisamos mostrar como era para que isso não se repita.

O lugar era para ser um local de recuperação das pessoas doentes, mas passou a ser um entulho de pessoas que os familiares ou inimigos não queriam mais saber. Sem nenhuma condição de viver, eles só pioravam com o passar o tempo.

E sabe o que é pior?! Não faz muito tempo! Até poucos anos, o local ainda estava ativado.

Nem sempre a gente quer ler coisas tristes ou pesadas, nem todo mundo gosta de ler esse tipo de livro. Mas, eu acho que é importante a gente se interessar e ler histórias que se passaram aqui no nosso país. Não foi fácil para mim. Como eu disse, eu pensei muitas vezes em desistir, em não ler. Por muitas vezes, eu não aguentei, meu estomago embrulhava.

Apesar de pesado, não é um livro grande. Eu li em 2 dias, em um fim de semana. Para quem tiver preparado, apesar de achar que nunca estaremos completamente preparados, aconselho muito a leitura.

Dei 4 estrelas lá no Goodreads e no Skoob, por ter alguns erros de português. Não sei se a culpa foi da edição do Kindle ou se todas são assim…

Para quem não sabe, eu tenho uma conta do Good Reads e no Skoob. Quem quiser saber os livros que já li ou estou lendo e quiser interagir comigo, é só me adicionar por lá {clicando nos nomes dos sites aqui em cima, vocês já serão redirecionados para o perfil}.

Alguém já leu? Qual livro vocês estão lendo?!

Beijos

Faça um comentário

Comentários

Comentários via blog

  1. Natz Sodré comentou em

    Também acho importante lermos livros assim, para que os mesmos erros não se repitam… Esse eu não li ainda Giu, mas vou preparar o estomago e tentar ler. Beijokas!

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      E um livro super importante e é muito bom, mas realmente precisa se preparar um pouco. Pq de verdade, acho q nunca estaremos 100% preparados para as atrocidades que aconteciam la! :(
      Beijos

      Responder
  2. Wanessa de Almeida comentou em

    é o tipo de livro que eu me interesso muito!
    Não conhecia esse. Gostei da dica ;)
    bj http://www.diadebrilho.com

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Depois me conta, se vc ler :)
      Beijos

      Responder