Minhas férias na Disney: Hollywood Studios

Hollywood Studios é o antigo MGM. Já faz bastante tempo que mudou de nome, mas o Renato por exemplo, só o conhecima por MGM.

É um dos menores parques  e o mais radical do complexo Disney,  mas também dos meus preferidos. Nele tem a montanha-russa no escuro, o elevador que cai, a atração do Toy Story e o melhor show de encerramento na minha opinião, o Fantasmic.

Hollywood Studios- Disney - Giuli Castro

Nós marcamos fastpass para a Twilight Zone Tower of Terror {que é o elevador que cai}, Toy Story Mania e Star Tours. Neste parque, há regras diferentes para marcar o fastpass. Você só pode marcar 1 fastpass das atrações do grupo 1 e duas atrações do grupo. O Toy Story Mania e a Rock’n’roller Coaster fazem parte do grupo 1 e por isso não conseguimos marcar fastpass para a Rock’n’roller Coaster.

Hollywood-Studios-Disney-Giuli-Castro

Além disso, esse foi o único parque que reservamos um restaurante para o almoço, o Sci Fi Dine-in Theater. Reservamos com antecedência, ainda aqui no Brasil, pelo app da Disney no celular.

A gente chegou, fez algumas fotos no parque, comemos uma pipoca e fomos para a  Twilight Zone Tower of Terror. O nosso horário era por volta das 10-11h. Ficamos uns 5 minutos na fila do fastpass e já avisaram que uma das torres estavam em manutenção e que iria demorar mais. Nos deram outro fastpass que poderia ser usado em qualquer outra atração {inclusive na mesma} em qualquer outro horário. Deixamos para voltar mais no final da tarde, entre os fastpass do Star Tours e do Toy Sotry Mania.

Hollywood Studios- Disney - Giuli Castro

Encontre o Wally! hahahaha Importante: Segurem todos os seus pertences! Coloquei minha bolsa no chão e ela voou junto com o mapa do parque hahahahahaha

Saímos de lá e fomos na Rock’n’Roller Coaster que é em frente. Nesta atração tem single rider igual a Expedition Everest do Animal Kingdom. Porém, nós demos muita sorte e nos colocaram juntos, no mesmo carrinho, um do lado do outro. Como se estivéssemos na fila comum. Porém, não contem com isso, porque o comum é separarem mesmo.

O nosso almoço estava reservado para perto das 14h, então resolvi provar o famoso pretzel do Mickey com cheddar {$6}. Mas não curti muito não. Nem com cheddar, achei muito forte. E nem sem o cheddar, achei muito massudo. Sei lá, não gostei. Mas rendeu uma foto linda! hahahahaha

Pretzel- Mickey - Hollywood Studios- Disney - Giuli Castro

Como estávamos em frente ao teatro chinês e já ia começar o show Star Wars: A Gaaxy Far, Far Away, entramos para assistir. Vale a pena só para quem é muito fã de Star Wars. Eu fui porque no caso, o Renato é super fã. Mas não é imperdível. Se você não conseguir ver, não vai perder muito.

De lá, fomos para nosso almoço no Sci Fi Dine-in Theater. O restaurante é super legal. Ele é decorado como um drive-in americano de antigamente, onde as pessoas iam para assistir filmes. As mesas são dentro de carros antigos e tem um telão que fica passando traillers de filmes e desenhos antigos. Não tem como não se sentir em um filme antigo.

Sci Fi Dine-In Theater - Hollywood Studios- Disney - Giuli Castro

Essa foto foi tirada na frente do restaurante. Mas as mesas la dentro são como esse carro da foto, mas lá é muito escuro e quase não sai nada nas fotos.

O cardápio tem bastante variedade, mas eu escolhi o Classic American Burger {$18} e o Renato escolheu o Flame-Broiled New York Streap Stake {uma carne acompanhada de uma massa com molho quarto queijos $33}. Ambos estavam bem gostosos.

Sci Fi Dine-In Theater - Hollywood Studios- Disney - Giuli Castro

A lus lá dentro é muito ruim, então a foto não ficou muito boa também.

Quando acabamos de almoçar, estava na hora do próximo show da Bela e a Fera. É um musical, ao vivo, da história da Bela e a Fera. Eu já tinha assistido das duas outras vezes que eu tinha ido e não ia perder novamente. Vale muito a pena! É lindo! Porém, tem que chegar um pouco antes porque a fila é bem grande e você corre o risco de sentar em lugar que não seja tão bom para assistir, principalmente se você tiver com crianças pequenas. O show tem duração de 25 minutos.

De lá, fomos direto para o nosso fastpass do Star Tours. Ele é um simulador 3D de uma nave do Star Wars. Achei bem legal e vale a pena ir.

E o nosso ultimo fastpass era do Toy Story Mania. É um brinquedo onde você vai atirando nos alvos e marcando pontos. Cada carrinho tem 4 pessoas e no final, ele mostra quem ganhou mais pontos. É bem divertido! Vale a pena, mesmo que a fila esteja grande!

Minnie-Hollywood-Studios-Disney-Giuli-Castro

Agora era só esperar o horário para assistir o Fantasmic! Aproveitamos e fomos tirar fotos com os personagens. Primeiro com a Minnie e o Mickey e depois com os personagens do Star Wars. Confesso que me decepcionei com o BB8 porque ele é um boneco e não uma pessoa vestida de BB-8 hahahaha e o pior, é meu personagem favorito do Star Wars – acho super fofo- e era a maior fila! hahahahaha

BB8-Hollywood-Studios-Disney-Giuli-Castro

Sério! É muito frustrante ficar na fila para encontrar esse boneco hahahahaha

Chewbacca-Hollywood-Studios-Disney-Giuli-Castro

Neste dia, não jantamos. Antes de entrar para o Fantasmic, eu tomei um sorvete de vanilla {$5.29} no Hollywood Scoops, em frente a entrada o show e é um dos melhores sorvetes de vanilla que eu já tomei na vida. Inclusive, até hoje procuro um parecido aqui no Brasil. Dentro do teatro do Fantasmic, compramos pipoca e refrigerante.

hollywood-studios-disney-giuli-castro

O show de encerramento do Fantasmic é imperdível. É o melhor de todos os parques! Eu não deixo de ir de jeito nenhum, mas não precisa de fastpass. o lugar é grande e mesmo se vc sentar muito atrás, você consegue ver perfeitamente.

Além disso, tem o show Star Wars A Galatic Spetacular que acontece quase que simultaneamente com o Fantasmic. Os horários são muito próximos e é impossível assistir os dois completos no mesmo dia. O que a gente fez, foi voltar um dia a tarde para repetir os brinquedos que a gente mais gostou e assistir o show do Star Wars. Para quem gosta de Star Wars, vale muito a pena.

Mickey-Fantasia-Hollywood-Studios-Disney

Para quem vai com crianças, recomendo muito o roteiro da Andreza do Blog Andreza Dica e Indica. Ela tem roteiros específicos para as atrações para crianças e quais o fastpass devem ser agendados para elas.

Para os pais com crianças pequenas que não podem ir aos brinquedos {todos eles tem uma altura mínima, para cada brinquedo, tem uma altura específica}, tem o child swap. Apenas um dos pais pega a fila, o outro fica em uma sala de espera reservada. Quando um voltar, o outro pode ir sem pegar a fila outra vez. Super facilidade para famílias com crianças.

O estacionamento custa $20 por dia, em qualquer parque da Disney. Lembrando que você se você mudar de parque, é só mostrar o comprovante do primeiro estacionamento que você usou, que não precisa pagar novamente.

Gostaram? Quem já foi ou pretende ir? Espero que ajude vocês a montar o roteiro!

Qualquer dúvida, é só deixar nos comentários, combinado.

Beijos!

Repito roupa sim: 1 jeans 7 looks

Nos tempos de hoje, onde as fast fashions lançam coleções novas quase que semanalmente, influencers e blogueiras que postam seus looks do dia diariamente e não repetem uma peça sequer, redes sociais onde pessoas comuns postam suas fotos mas também não querem repetir roupa, levantam o questionamento: é feio repetir roupa?!

De cara, já respondo: feio é achar que roupa é descartável, que só pode usar uma vez e pronto. Eu não sei vocês, mas eu dou muito valor ao meu dinheiro e odeio quando compro roupa e só uma vez. Fico me sentindo muito culpada! Atualmente, nós discutimos muito sobre responsabilidade social e ambiental e o mercado da moda, digamos assim, tem uma cadeia produtiva bem suja {tanto em termos de lixo que produz quanto em condições de trabalho}, acho que vale a reflexão: você repete roupa?!

Pensando nisso, resolvi trazer para o blog, looks que já foram postados aqui, porém reunidos para mostrar para vocês que é sim possível repetir roupa e ainda assim criar looks diferentes, interessantes e para ocasiões diferentes.

A peça escolhida para semana é a minha calça jeans xodó que já apareceu aqui inúmeras vezes e sempre em produções com propostas diferentes.

7 looks da Giuli Castro com a mesma calça jeans

Comprei essa calça jeans em 2015 e ainda a tenho. Ela vai comigo para todos os lugares. Qualquer viajo que eu vou fazer, ela é a primeira peça  a entrar na mala. É uma calça confortável, da lavagem que eu amo, skinny e destroyed. Gosto de usá-la com a barra dobrada, acho que dá um charme a mais.

Na foto acima, temos looks para três ocasiões diferentes:

A primeira um look um pouco mais formal que vai ao escritório, a uma reunião, a um almoço de negócios. A camisa branca, a bolsa grande e o scarpin dão esse ar mais sério a calça jeans e quebra um pouco o ar super casual dela.

Na segunda foto, temos um look super casual para ir ao shopping, um happy hour ou um almoço com as amigas. Amo a combinação jeans com jeans. O cinto de oncinha e a bolsa pink dão uma quebrada no look todo azul, deixando-o mais divertido.

E no terceiro look, temos a opção para quem quer usar o jeans em uma balada ou uma festa menos formal {onde o jeans é permitido}. O casaqueto de paetês, a bolsa pequena e o salto transformam o jeans para a noite. Eu amo usar jeans assim

7 looks da Giuli Castro com a mesma calça jeans

Nessas outras quatro fotos, temos mais variações do mesmo jeans.

Na primeira foto, estou com uma regata branca e um tênis. Um look super confortável para um dia de muita caminhada. No dia que tirei essa foto, usei esse look para ir a aula de manhã e depois caminhar muito em NY. Saí de casa as 7:30 da manhã e voltei umas 20:00 da noite. Não poderia ter escolhido look melhor. Acho que a cor do tênis deu todo charme para um look comum.

A segunda foto é uma boa escolha para um jantar com amigos ou um aniversário. A blusa mais chique, com um tecido mais chique, o salto e a bolsa menor complementam muito bem o jeans para essas ocasiões. Nessa foto não da para ver, mas essa blusa ainda tem um decote bem bonito nas costas, que dá todo o charme para o look.

Na terceira foto, temos um mix de estampas com a regata e a sapatilha. Eu amo fazer mix de estampas com oncinha, acho uma estampa super versátil para isso. Essa combinação deixou o look mais descontraído. Ótimo para o dia a dia, principalmente para quem não curte usar tênis e nem salto.

E por último, uma versão viagem. Sei que muita gente acha desconfortável viajar de calça jeans. Mas essa minha calça é muito confortável {inclusive porque se não fosse, jamais teria todos esses looks por aqui hahahaha} e não me incomoda em nada na viagem. Para complementar, a boa e velha camiseta, o tenis, um casaquinho {nesse caso usei uma bomber} e uma bolsa grande que caiba todos os nossos pertences {como computador, celular, carteira, documentos, um livro, necessaire e tudo mais que você precisar}.

Viram como é super possível repetir a mesma peça em muitos looks?! 

Eu tenho plena consciência que ainda consumo muita coisa por impulso e sem necessidade, mas estou sempre refletindo sobre o assunto para tentar mudar meu comportamento. Tenho épocas melhores e momentos de recaídas, mas acho que o importante é a gente sempre refletir o assunto. Ninguém muda de comportamento da noite para o dia. Deixar de comprar em fast fashion para comprar de outras lojas mais caras, nem sempre é uma opção para grande parte da população e a maioria nem tem condições de fazer assim. Mas refletir sobre o assunto já é um passo bem grande para depois nos prepararmos para o próximo.

Para quem quer aprender mais sobre o assunto de minimalismo, viver com menos, responsabilidade social e ambiental no mundo da moda, super aconselho a assistir os vídeos da Karina Belarmino. Ela fala com muita responsabilidade e propriedade sobre assunto.

Voltarei com mais posts como esse para mostrar que sim, conseguimos repetir muito nossas peças e ainda fazer looks bem diferentes uns dos outros.

Beijos!

Testei: Real Solution Tencel Sheet Mask – Hyaluronic Acid | Missha

Eu amo usar máscaras faciais! Sempre que tenho um tempinho livre, estou usando alguma. Já falei de várias aqui no blog e podem ter certeza que a cada novidade que eu testar, vou trazer para vá também.

A resenha de hoje é da Real Solution Tencel Sheet Mask  – Hyaluronic Acid da Missha.

resenha-real-solution-mask-missha

Segundo a marca, Intensive Moisture (HYALURONIC ACID) é uma máscara de hidratação intensiva e é indicada para pele seca e extra seca. Possui Ácido Hialurônico, que retém a umidade e aumenta a hidratação. Conhecido como “esponja da natureza”, esse ácido está presente no organismo e traz mais viço, firmeza e textura homogênea à pele (recomendado para todos os tipos de pele).

Vamos começar falando do meu tipo de pele, ok?! Sei que quem me acompanha sempre, já sabe. Mas, tem muita gente que chega aqui no post pela primeira vez e é sempre bom deixar claro: minha pele é normal, com tendência a oleosidade em dias muito quentes. Eu usei essa máscara depois de um curso de maquiagem. Foi uma semana de maratona de curso e a gente fazia as maquiagens umas nas outras. Minha pele estava bastante ressecada e sensível pelo “tira e põe” de maquiagem durante 5 dias.

Bom, a embalagem é de papel. Como é uma máscara de uso único, você rasga o papel e já joga fora. É um papel bem resistente, não rasga ou fura sozinho. Porém todo cuidado ao guardar em casa, porque se você deixar perto de algo pontiagudo, pode ser que ela fure.

As instruções estão no verso da embalagem e em português. Como comprei aqui no Brasil, a tradução é obrigatória e não tive dificuldades em lê-las. Talvez, se estivesse em coreano, eu teria que usar o google tradutor. Mas não foi o caso.

resenha-real-solution-mask-missha

A máscara é de tecido e fica imersa no líquido com ácido hialurônico dentro da embalagem. Cuidado ao abrir para não derramar o líquido por aí.

Depois de aberta, é só pegar a máscara e encaixar no rosto. Tem os lugares para encaixar os olhos e a boca. Deixe agir por 15-20 minutos e depois retire a máscara de tecido e jogue fora.

Depois que você retirar a máscara de tecido, ainda vai ter bastante produto na sua pele. É só dar batidinhas ou fazer uma leve massagem no rosto até total absorção.

 

resenha-real-solution-mask-missha

A foto direto do stories do Instagram (me segue lá @giulicastro)

O líquido não tem cheiro e é transparente. Depois que você dá as batidinhas ou faz uma massagem leve, ele é absorvido e a pele fica bem macia.

Eu não senti nada enquanto estava com a máscara ou o produto no rosto. Algumas máscara causam formigamento na minha pele ou esquentam, mas essa não senti absolutamente nada. O uso foi muito tranquilo e sem intercorrências.

resenha-real-solution-mask-missha

Composição

O que eu achei?

É uma máscara bem potente. Gostei bastante para o que eu usei, porque minha pele estava super ressecada e ela acelerou o processo de recuperação da hidratação da minha pele. Eu não usei só ela durante o processo, usei também o Lait Creme Concentre da Embryolisse e muita água termal. Porém, achei que a máscara potencializou o efeito dos outros produtos, ajudando muito na recuperação. Eu não acredito que essas máscaras sozinhas fazem milagres, o efeito delas depende também do cuidado diário que você tem com a sua pele. No meu caso, achei que foi super válido o uso e minha pele ficou muito mais macia e sedosa. Apesar da minha pele estar bem sensível no dia que usei, não senti nenhum efeito diferente como formigamento ou aquecimento ou vermelhidão com o uso da máscara. Achei inclusive, que depois que tirei a máscara, minha pele estava mais calma. Achei que valeu a pena e indico bastante para dar aquele empurrãozinho no tratamento e também fazer um carinho na sua pele. 

Eu paguei R$39 na Drogaria Iguatemi em SP e verifiquei que é o mesmo preço da Sephora online. Na Época Cosméticos, ela está com um desconto e sai por R$33,10.

Vocês já usaram? Vocês gostam de usar máscaras faciais?!

Beijos

 

Para compras na Sephora, pelo link acima, use o cupom Rewardstyle20 e tenha 20% de desconto nas compras acima de R$250.

Se cadastrem no Méliuz! Além de cupons desconto, você recebe parte do seu dinheiro de volta. Tem muita loja legal cadastrada! Vale a pena!