Testei: Linha Elseve Óleo Extraordinario

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

Comecei a usar a linha Elseve Óleo Extraordinário na fase de nutrição do meu cronograma capilar. Confesso, que no começo fiquei com muito medo porque a minha raiz é um pouco oleosa e o meu cabelo, apesar de ressecado devido as descolorações, ele é bem fino e tem shampoos que o deixa bastante pesado.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

O shampoo é transparente, mas contem micro-óleos de flores preciosas. E os óleos são muito nítidos enquanto lavamos o cabelo. Ele faz bastante espuma, mas você consegue perceber que ao mesmo tempo que o cabelo está sendo limpo, ele também está sendo hidratado. Logo após o enxágue, já percebe-se o cabelo bem sedoso. O meu cabelo que, geralmente, embaraça com qualquer shampoo, com esse não. Eu sinto bem macio. O que na primeira vez que usei me assustou muito, achei que sairia com o cabelo bem pesado do banho.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

O cheiro dele é bem gostosinho. Deixa o banheiro super cheiroso, mas não é do tipo que fica nos cabelos. Depois de seco, já quase não tem cheiro e se você secar no secador, sai mais rápido ainda.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

O que eu achei do shampoo? Como eu disse, ele deixou meu cabelo bastante sedoso e não pesou. Porém, a lavagem durou menos tempo, percebi meu cabelo começando a pesar. Eu consigo lavar meus cabelos dia sim, dia não, mas quando uso esse shampoo, preciso de um pouquinho de shampoo seco no “dia não”.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

O condicionador é bastante consistente e eu que tenho pouco cabelo, preciso de bem pouquinho para passar no meu cabelo. Acho que esse frasco de 400mL vai durar uma eternidade, hehehehe. Ou seja, já adianto que ele rende bastante.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

O condicionador é bem emoliente e assim que passo no meu cabelo, já sinto a maciez. Ele desembaraça facilmente. O cheirinho dele é bem parecido com o do shampoo, mas também sai assim que o cabelo seca.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

O que eu achei do condicionador? O meu cabelo gostou mais do condicionador do que do shampoo. Eu já usei o condicionador com outros shampoos, exatamente para descobrir se era o shampoo, o condicionador ou ambos que faziam o meu cabelo ficar limpo por menos tempo. E a resposta é sim, o shampoo. O condicionador, quando usado com outros shampoos menos hidratantes, não deixa o cabelo pesado em menos tempo. Claro que eu não uso o condicionador na raiz do meu cabelo, como uso o shampoo e com certeza, essa é o que faz diferença em deixá-lo ou não mais pesado.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

A ampola Sérum Booster de Nutrição também da linha Óleo Extraordinário, ao contrários de outras ampolas que estamos acostumadas que devem ser usadas inteiras e direto no cabelo, esta deve ser usada apenas um pouquinho {segundo a embalagem é para usar o centro da tampinha como medida} misturado com o condicionador. Isso vai deixar o condicionador mais potente, aumentando a eficácia.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

O sérum é bem fluido e contém partículas de brilho. O cheiro é parecido com de toda a linha, porém a quantidade usada é tão pouquinha que não faz diferença. Como é necessária uma quantidade bem pequena de produto, ela também rende bastante.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

O que eu achei do Sérum Booster?  Eu adorei. Ele não deixou meu cabelo pesado e realmente potencializou o condicionador. Durante o cronograma capilar, na fase de nutrição, eu intercalo entre usar uma máscara nutritiva + condicionador ou condicionador + booster. Tudo depende se meu cabelo tá precisando de mais ou menos nutrição. E, as vezes, quando ele está muito detonado {tipo agora que eu acabei de descolorir bastante} eu uso uma máscara nutritiva e o condicionador + booster. Claro, que meu cabelo vai pesar um pouco antes do tempo, mas ainda assim, prefiro deixar ele bem cuidado.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

E por último, porém não menos importante, o óleo finalizador da linha. E já adianto que esse é o meu produto preferido de toda a linha. Já usei de diversas formas e ele não pesa de jeito nenhum no meu cabelo, claro que usado na quantidade correta.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

Ele é transparente e bastante fluido. Preciso de apenas de 2 pressões {a embalagem diz de 3 a 4 pressões, mas eu tenho pouco cabelo e bem fino} para ter produto suficiente para todo o cabelo.

Ele é absorvido rapidamente pelos cabelos {tanto seco como molhado} e não deixa aquela aparência de cabelo sujo.

Testei-elseve-oleo-extrordinario-giuli-castro

O que eu achei do Óleo Finalizador? Como eu disse, é o meu produto preferido da linha. Já usei nos meus cabelos secos e molhados e o resultado foi sempre de cabelos hidratados. Ele tira toda aquela aparência de cabelos espigados com poucos dias de uso. Ele não pesou nos meus cabelos, nem seco e nem molhado.

O que eu achei da linha completa? Agora, com meus cabelos bem descoloridos, a linha tem sido excelente. Mesmo, as vezes a lavagem durando menos, o resultado é sempre de cabelos sedosos, macios, com brilho e nutridos. Acredito que quem tem cabelos sem química, finos e oleosos, não vai funcionar. Essa linha é indicada para cabelos secos. E acreditem, é a primeira linha que uso para nutrição que não deixa meus cabelos com frizz. Meu cabelo está bem feliz com ela.

Essa linha é vendida nas drograrias, supermercados e perfumarias. Online, vocês podem encontrar na Netfarma

E vocês, já conheciam essa linha? Para quem faz cronograma capilar, o que tem usado para a fase de nutrição?

Beijos

 

Giuli TV: Comprinhas e Recebidos {acumulado} – Parte 1

Tanto tempo sem fazer vídeos que já estava com saudades de fazer videos. Espero que agora eu consiga fazer com mais frequências. Prometi para mim mesma que quero fazer 1 vídeo por semana. Será que consigo?

O vídeo de hoje é de comprinhas e recebidos acumulados dos últimos meses. Como tinha muita coisa, acabei dividindo em dois vídeos. Espero que vocês gostem.

E ai gostaram do vídeo?

Não esqueçam de se inscrever no canal, dar um joinha e deixem seus comentários sobre o que vocês querem ver por la, ok?!

Beijos

Batalha Pré-Shampoo: Pantene X Elsève

Quando eu contei aqui no blog sobre o Pre-Shampoo da Elsève, algumas pessoas me perguntaram ou contaram suas experiencias com outros da mesma categoria. Como eu já tinha usado o da Pantene e ainda tinha em casa, resolvi usá-lo para comparar bem com o da Elsève.

batalha-pre-shampoo-elseve-pantene-giuli-castro-01

Eu adoro pre-shampoo e shampoo anti-resíduos. Talvez pela raiz um pouco mais oleosa, eu sempre tenho a sensação de ficar com os cabelos mais limpos. Mas como minhas pontas são ultra ressecadas, sei que tenho que usar no máximo uma vez por semana, que em geral, é o recomendado.

batalha-pre-shampoo-elseve-pantene-giuli-castro-02

O primeiro pré-shampoo que vi {com esse nome} foi o da Pantene. Comprei no supermercado e levei para casa para testar. Gostei bastante dele. Quando vi o da Elsève, já super me empolguei.

batalha-pre-shampoo-elseve-pantene-giuli-castro-03

Aparentemente, os dois são muito parecidos: transparentes, fazem bastante espuma, encorpados. Cada um com o cheiro característico da sua marca. Mas depois de usar algumas vezes, conseguimos ver algumas diferenças.

batalha-pre-shampoo-elseve-pantene-giuli-castro-04

O Pre-Shampoo da Pantene é mais encorpado que o da Elsève. O cheiro característico da Pantene, mas não é um cheiro que fica no cabelo. Super tranquilo para usar outros produtos depois. Faz bastante espuma, limpa bem, porém achei que ele deixa as pontas do meu cabelo um pouco mais ressecado que o da Elséve.

batalha-pre-shampoo-elseve-pantene-giuli-castro-05

Não sei se vocês conseguem perceber pelas fotos, mas o da Elsève ele é um pouco mais fluido. Apesar do pré-shampoo da Pantene deixar meu cabelo um pouco mais ressecado, ele não deixou meu cabelo limpo por mais tempo. Os dois duram em torno de 2 dias. Nenhum deles, segurou a oleosidade da minha raiz por mais tempo que isso. Porém, minhas pontas ficaram melhores {menos espigadas} com o da Elsève.

Acredito que para quem tem cabelo com algum tipo de quimíca, o da Elsève deve se comportar melhor. Para quem tem o cabelo oleoso e sem química, tenho a impressão que o da Pantene será melhor.

Separei a composição dos dois produtos. Pelo que percebi são parecidas e acho que não são liberadas para low-poo.

batalha-pre-shampoo-elseve-pantene-giuli-castro-06

batalha-pre-shampoo-elseve-pantene-giuli-castro-07

E vocês, já usaram algum deles ou os dois? O que acharam?

Beijos