Testei: Elseve Reparação Total 5+ – Cicatri-Ceramida

Já estou usando ha um tempinho a linha Elseve Reparação Total 5 + – Cicatri-Ceramida. Segundo a marca essa linha recupera os cabelos quebradiços, rígidos, opacos, ressecados e também as pontas duplas com seu efeito de uma plástica capilar. A Cicatri-Cermida, a estrela da composição da linha, enriquecida com  a recarga omega repoem dia após dia os nutrientes perdidos pela fibra e repaa a estrutura da fibra deixando os fios uniformes, selados, protegidos como se fosse uma cicatrização da fibra capilar.

A linha conta com muitos produtos. A linha completa é composta por: Pre-shampoo, shampoo, condicionador, máscara, serum booster, ampolas, creme finalizador e creme para pentear. Hoje, vou falar sobre o pre-shampoo, shampoo, condicionador e serum booster.

Antes de começar, para quem chegou aqui por agora ou mesmo que já me acompanha ha mais tempo e não lembra, vale lembrar que meu cabelo é liso, fino, com a raiz oleosa e as pontas bem ressacadas por causa das luzes.

elseve-reparacao-total-giuli-castro

Pre-Shampoo: eu fiz resenha completa dele aqui e também já fiz uma batalha entre ele e o pré-shampoo da Pantente aqui. Para o post não ficar muito grande, vou deixar vocês se divertirem com os posts anteriores, ok?! Vale enfatizar que eu gosto muito dele e que uso uma vez por semana ou a cada 10 dias.

elseve-reparacao-total-giuli-castro

Shampoo: perolado, branco e com um cheirinho bem gostoso. Ele limpa bem os fios e ao mesmo tempo hidrata. Como todos os shampoos perolados, eu sempre fico receosa de usar e deixar meus fios com aparência pesada. Mas esse me surpreendeu, deixou minha raiz bem soltinha e as pontas bem hidratadas. 

elseve-reparacao-total-giuli-castro

Condicionador: bem encorpado, branco e também bem cheiroso. Já usei ele sozinho e misturado com o sérum booster e gostei muito das duas formas. Na primeira vez que passei, achei também que fosse deixar meus fios mais pesados porque tive a sensação que ele colava nos fios, sabem?! Mas depois que enxaguei o resultado foi fios bem soltinhos e hidratados.

elseve-reparacao-total-giuli-castro

Serum Booster:  branquinho e mais encorpado. Eu já tinha usado o booster da linha Oleo Extrordinário que é menos encorpado e com uma aparência mais de óleo. Este tem a aparência mais de creme mesmo, é bem consistente. Eu uso como recomendado pela marca: um pouquinho misturado com o condicionador. Uma ótima opção para aqueles dias que não temos muito tempo para ficar com a máscara agindo, mas ao mesmo tempo não queremos deixar de hidratar e cuidar dos nossos cabelos. Assim como o shampoo e o condicionador, ele também não pesou no meu cabelo e eu amei o resultado.

Como sempre falo aqui, eu não faço low/no poo e não entendo muito sobre. Sei que alguns componentes são proibidos, mas não sei quais são todos. Até sei um ou outro, mas não todos. Então para não falar sobre o que eu não sei, vou deixar as composições dos 3 produtos aqui e acho que vocês que fazem vão saber, muito melhor do que eu, se são ou não liberados, ok?!

elseve-reparacao-total-giuli-castro

Composição do Shampoo

elseve-reparacao-total-giuli-castro

Composição do Condicionador

elseve-reparacao-total-giuli-castro

Composição do Serum Booster

Alguém já usou essa linha? O que acharam?

Beijos

Do Momento: Shampoo Revê de Miel – Nuxe

Comprei o Shampoo Rêve de Miel da Nuxe em março. E juro, foi amor a primeira lavada! Mas, como não gosto de falar das coisas aqui no blog sem propriedade, usei mais um pouco e agora que está na metade, vim dar todos os detalhes para vocês.

resneha-shampoo-reve-de-miel-nuxe-giuli-castro

Vocês sabem que a escolha do shampoo é super importante para a lavagem dos cabelos, né?! O meu cabelo, por exemplo, com shampoos muito hidratantes, fica super pesado e precisa ser lavado de novo com anti-resíduos. Mas, além de saber escolher o shampoo de acordo com o seu tipo de cabelo, é importante também saber os ingredientes do shampoo. Alguns presentes no mercado podem mais sujar do que limpar nossos cabelos.

Segundo a Nuxe, esse shampoo é para todos os tipos de cabelo e para uso frequente. Promete lavar os fios suavemente e deixá-los leves. E posso dizer depois de estar usando há algum tempo: ele deixa os fios super limpos e leves. Porém, no momento da lavagem, ele limpa delicadamente, não agride os fios e nem resseca. Enquanto eu lavava pela primeira vez, achei que meu cabelo fosse ficar pesado, porque não estava sentindo o shampoo “ressecar” meu cabelo, sabem? Mas na verdade, é isso. Ele limpa e não agride o cabelo.

resneha-shampoo-reve-de-miel-nuxe-giuli-castro

Ele é amarelinho, bem clarinho e transparente. É viscoso e faz bastante espuma. Com pouca quantidade {uns 2 pumps}, eu já consigo lavar todo o meu cabelo. Rende bastante. comprei o meu em março e está na metade. Eu não uso todos os dias, uso quando faço a etapa de hidratação ou de reconstrução, mas mesmo assim, acho que ele rende muito.

O cheiro é um capítulo a parte! Para quem ama mel, não vai querer sair do banho nunca mais! O banho e o banheiro ficam muito perfumados. E é um cheiro calmo e aconchegante. Queria tanto que a tecnologia já fosse suficiente para mostrar pela internet o cheirinho desse shampoo para vocês! É MA-RA-VI-LHO-SO!! Mas como eu uso máscaras, condicionador e depois ainda finalizador, ele não fica por muito tempo no meu cabelo. Alô, Nuxe!! Vamos lançar um condicionador dessa linha?!

resneha-shampoo-reve-de-miel-nuxe-giuli-castro

Não sou especialista em low/no poo, mas sei que esse shampoo tem sulfato {até por isso que ele faz espuma} e também sei que sulfato é proibido para quem faz low/no poo. Um pena, né?! Mas, tem uma noticia boa! Ele é livre de parabenos e silicones. Legal, né?!

Eu comprei o meu na Drogaria Iguatemi em SP, mas para quem mora no interior como eu, pode também comprar pelo site da Sephora. O preço é o mesmo.

Alguém já usou esse shampoo? Qual shampoo vocês tem gostado bastante?

Beijos

Low Poo e No Poo: o novo jeito de tratar seus cabelos

Convidei a Stella, minha amiga que conheci através do #melhorgrupo no facebook, rainha do Loow e No Poo para contar para vocês um pouquinho mais sobre esse universo! Vem comigo com a Ste!

O ramo da beleza está sempre inovando, cada dia nos deparamos com novidades em maquiagens, dermocosméticos, esmaltes e produtos para cabelo, que fazem muito sucesso e nos levam à loucura!

Dessa vez, eu venho aqui contar sobre um movimento que vem ganhando cada vez mais popularidade: o low poo e no poo. Na tradução literal, seria algo como “pouco shampoo” (low poo) e “sem shampoo” (no poo), porém vai bem além do que simples significado do seu nome.

low-poo-no-poo-giuli-castro-01

Mas afinal de contas, o que é low poo e no poo? De onde veio? Como começou? A técnica foi criada pela cabeleireira americana Lorraine Massey, que lançou seu livro “Curly Girl: The Hanbook”, em que explica e dá dicas de como tratar um cabelo cacheado da melhor forma. Ela também é dona de uma marca de produtos de cabelo, a Deva Curl, que possuiu os direitos do termo “Low Poo/No poo”.

Em resumo, low poo é você lavar o cabelo com produtos que não contenham em sua lista de ingridentes: sulfatos fortes e derivados de petróleo. Os sulfatos fortes além de limpar todas as impurezas, também retiram demais a oleosidade natural dos fios (que é boa e essencial) causando um efeito contrário – tira a oleosidade demais-, então nosso corpo acredita que tenha que produzir mais óleo, então para quem já tem cabelo oleoso, isso é o terror! Os derivados de petróleo (óleo mineral, parafina e petrolato) já são como uma “maquiagem”, eles criam uma camada na superfície do cabelo, como se fosse uma capa, que dificulta a absorção dos produtos. Exemplificando, eles funcionam como uma base funciona para nossa rotina de maquiagem: você passa e deixa sua pele bonita na hora, mas não é capaz de tratando sua pele. É um efeito instantâneo e diria que ilusório. Então você  fazer o melhor tratamento do mundo, mas ele não irá penetrar no interior da fibra capilar, pois essa “capa” o impede de chegar até lá.  Só os sulfatos fortes são capazes de retirar os derivados de petróleo dos fios, então por isso se você parar de usar um, você precisa parar de usar o outro. O No Poo segue o mesmo que o loo poo, sendo um pouco mais restritivo, nele você também vai abolir os silicones insolúveis em água.

low-poo-no-poo-giuli-castro

Mas isso quer dizer que vamos ficar com os cabelos sujos? Não, pelo contrário! Existem muitos outros agentes limpantes, que cumprem muito bem a função de deixar nossos fios bem limpinhos e cheirosos e são esses que a gente vai usar e abusar.

Quando você resolve aderir ao Low Poo/No Poo, logicamente não são todos os produtos que você vai poder usar. Infelizmente na indústria o que mais tem são produtos repletos de sulfatos fortes e derivados do petróleo. Então você precisará de um pouco mais de atenção e cuidado em escolher o que usar. Por outro lado, com a popularidade das técnicas, diversos produtos de excelente qualidade estão aparecendo no mercado, até mesmo alguns que não são novos, de repente você até já usou ou usa e nem sabe.

Eu chamo carinhosamente o Low Poo/No Poo de reeducação alimentar dos cabelos, pois acho o processo bastante semelhante. Quando adotamos um novo estilo de vida na nossa alimentação, geralmente paramos de consumir industrializados, passamos a nos alimentar mais de produtos naturais e que nos ofereçam mais nutrientes. Nos cabelos a mesma coisa, quando você adota essa nova rotina, você vai alimentar o seu cabelo com agentes mais naturais e deixar de lado os mais industrializados. Assim como nosso corpo funciona melhor, nosso cabelo também irá. Ele ficará mais forte, mais brilhoso, mais macio e crescerá mais rápido.

low-poo-no-poo-giuli-castro-03

Se você se interessou por esse novo estilo de tratar os cabelos e não sabe por onde começar, a dica que eu dou é reunir todos os produtos que você tem em casa e ler os rótulos para saber quais são os ingredientes que eles possuem. Assim você separa os produtos que são liberados (os que são livres de sulfatos fortes e derivados do petróleo) e os que são proibidos (os que contém sulfatos fortes e derivados do petróleo). Existem produtos liberados de todos os preços, se você não tiver com uma graninha para investir em novos, isso não vai ser problema, pois você consegue produtos liberados por um preço super acessível!

Lista com os ingredientes e produtos  proibidos e liberados: aqui.

Beijos,

Stella