Eu vi: Making a Murderer

Making-a-murderer_Giuli-Castro_01

 

Quem me conhece deve até achar estranho esse post. Para quem não me conhece, eu sou super viciada em novelas da Globo. Sim, gente, sou dessas. Acompanho todas em meu tempo livre. Poucas séries me prenderam a ponto de ver todos os episódios. Alias conto nos dedos de uma das mãos: FRIENDS {a melhor até hoje na minha opinião}, Sex and the City, The Big Bang Theory {adoro, mas essa eu vi quase todos os episódios}, Revenge e domingo terminei Making a Murderer {não sei se um pouco atrasada}.

A série do Netflix, na verdade é um documentário,  tem apenas uma temporada de 10 episódios . Cada episódio tem em torno de 1h de duração. Assisti o primeiro deles, dia 10/01 a noite. Já fui dormir encucada. Neste ultimo sábado, assisti até o episódio 6 e domingo terminei. Devia ser umas 4h da tarde quando acabei e desde dali, não paro de pesquisar sobre o assunto. Quase não dormi na noite de domingo para segunda só pensando nisso, acreditam?

A sinopse: O documentário conta a história de Steven Avery. Após ter passado 18 anos preso por um crime que não cometeu, ele consegue a liberdade devido a um exame de DNA que prova sua inocência. A história vira notícia e, quando está prestes a ganhar uma gigantesca indenização pelo Estado, Avery se torna o principal suspeito do assassinato da fotógrafa e jornalista Teresa Halbach. Em dez episódios, a série acompanha a investigação, o julgamento e todas as contradições que giram em torno do caso.

Sabe aquela série que te prende?! Eu e o Renato não queríamos parar de ver por nada. Mas infelizmente, resolvemos começamos a assistir num domingo as 22h e no outro dia tínhamos que acordar cedo para trabalhar. A semana foi super corrida e só conseguimos sentar para ver novamente no sábado. Dali até domingo quando acabamos, não tivemos mais vida. E quando acabamos também não, porque fomos para a internet ler tudo a respeito {aliás continuo lendo! hahaha Quem tiver links, pode deixar nos comentarios :) }.

 

ATENÇÃO! Cuidado que daqui para frente pode conter spoiler!!!

Making-a-murderer_Giuli-Castro_02

 

 

 

Ainda não me conformo como o resultado final do julgado do Avery e do Brandon. Não tenho minhas conclusões sobre quem é o culpado pela morte da Teresa. Na verdade, eu consigo imaginar que qualquer um ali {o proprio Steven, os policiais, o irmão dela, o ex namorado} poderiam ter sido responsáveis pelo assassinato dela. Porém, em nenhum momento investigam estes outros suspeitam. Além disso, durante todo o julgamento tratam como se ele fosse reincidente no crime de abuso sexual, sendo que ele tinha sido inocentado da outra vez. Nenhuma prova apresentada mostra que ele é realmente culpado e em caso de dúvida, o réu não pode ser julgado como culpado. Se há uma possibilidade de ele ser inocente, isso tem que ser usado a favor dele. É o que eles chamam da presunção da inocência.

Quando eu acabei de ver o seriado e mesmo durante, eu tinha quase certeza que ele era inocente. Afinal, a série é feita do o ponto de vista dele e da família dele. Apesar do objetivo da série ser mostrar como é falho o sistema judiciário. Desde o começo, sempre achei o irmão da Teresa um pouco estranho e muito sarcástico para quem acabou de perder uma irmã. Mas desconfio de outras pessoas também. Lendo todos outros links, vejo também que o próprio Steven pode ser realmente culpado. Sei que estou querendo ler mais e mais links, mas acho que a verdade dificilmente saberemos.

Li que o sucesso da série foi tão grande e que o Netflix está interessado em produzir a 2a temporada. Será?

Quem mais já viu a série? O que acharam? Também estão sendo consumidas pela série como eu?

Beijos

Comentar resposta para Camila Soares Cancelar

Comentários

Comentários via blog

  1. mary micucci comentou em

    Achei bem interessante esse documentário. Já anotei a dica!
    bjs
    http://marymicucci.com

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Depois me conta o que vc achou, Mary :)
      Beijos

      Responder
  2. Lala Ismerim comentou em

    Guili, essa série está na minha listinha mas como estou vendo outras ainda não tive tempo de assistir.
    Li tudo que você escreveu e só fiquei mais curiosa com a série! Assim que assistir volto aqui e conto o que achei.
    Beijo

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Volta sim!! Vamos conversar sobre! hehehe
      Beijos

      Responder
  3. Juliana comentou em

    Nossa, adorei conhecer essa série. Nunca tinha visto. Tenho certeza que vou gostar, já anotei aqui pra não esquecer :D

    Beijos!

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Depois me conta o que vc achou!
      Beijos

      Responder
  4. Rogerio comentou em

    Oi Giuli !
    Assisti tudo tbem e achei a série frenética ! Muito boa ! E triste …
    É de deixar anestesiado … essa possibilidade de ser condenado um inocente é inquietante e assustadora.
    Por obvio que eles não mostrariam todo o processo de investigação e julgamento dos caras (e carece de muitos detalhes).
    Agora, o que mostraram me deixou aturdido …
    A investigação foi de um desprezo ético e procedimental absurdo, desde se permitir aos policiais do condado participarem das buscas até a “entrevista” com o sobrinho dele.
    O juiz, por sua vez, aceitou como provas vários absurdos jurídicos

    Por fim, o juri condena ambos rasgando um principio jurídico básico no direito americano que é a “reasonable doubt” – pelo qual deveria ser afastada a condenação do réu caso houvessem dúvidas sobre sua culpa – ou autoria – no crime (e a gente cansa de ver “provas” frágeis, estranhas ou “mágicas” no processo) …
    Vou ver se consigo ler um pouco mais do processo e, quem sabe, mudo de opinião ;)
    bju

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Eu realmente nao tenho opiniao sobre a culpa dele e acho que qualquer um dos outros tb pode ser culpado. Sabe quando vc consegue ver que o crime pode ter sido feito por qualquer umm dos “suspeitos” (emtre aspas, pq acho que so os expectadores os viram como suspeitos, pq a justiça nunca cogitou ser outra pessoa).
      Mas mesmo ele sendo culpado, é o que eu disse, ele nao poderia nunca ter sido julgado como culpado, pq tem a presunção da inocencia do lado dele e durante o julgamento, o juiz nao levou isso em consideração e é um erro grave.
      Agora com o sobrinho, nem tenho o que dizer. O que fizeram com ele é bem longe ético ou ate mesmo humano. Fiquei com o coração partido.
      Eu li muita coisa, pesquisei muito e cada vez fico mais confusa… hehehehe
      Beijos

      Responder
      1. Carol R. comentou em

        Aquelas que sabe tudo da série sem ter visto kkkkk EUUUUUUU
        bjs

        Responder
        1. Giuli Castro comentou em

          hahahahahahahahahahaha
          Assiste, Carol!!!
          Beijos

          Responder
  5. Renata comentou em

    Nao tem muito minha cara esse tipo de série :(
    beijinhos, Rê
    http://blogsonhosdeverao.com.br

    Responder
  6. Renata Paula comentou em

    Não gosto muito desses tipos de serie. Porém é interessante meu esposo vai gostar, vou indicar para ele. Beijos

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Indica sim… Se ele gosta desse tipo, acho que vai gostar dessa.
      Beijos

      Responder
  7. Rayan comentou em

    Adoro séries e essa parece ser muito interessante. Vou dar uma olhada, pena ser tão curta né, só 10 episódios deixa a gente desiludido rs. Beijos.

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Eu gosto de quando e curta pq ai nao ficou me torturando para saber o final… hehehehe
      Beijos

      Responder
  8. Jaqueline Ribeiro comentou em

    Ainda não conhecia essa série e achei bem interessante. Vou ver sim.
    Bjus
    Jaque
    http://www.quebreiaregra.com.br

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Depois me conta o que vc achou :)
      Beijos

      Responder
  9. Camila Soares comentou em

    Eu amo assistir séries,filmes e documentários.Não conhecia esse,parece ser bem interessante,vou ver,com certeza :D
    Muitos beijos e abraços!!
    http://ummimoso.blogspot.com.br/

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Depois me conta o que achou :)
      Beijos

      Responder
  10. Nanda comentou em

    Que interessante, não conhecia essa serie não
    mais se é tão boa assim, espero que tenha
    a segunda temporada mesmo
    bjs

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Vamos aguardar, ne?!
      Beijos

      Responder
  11. Jeane Carneiro comentou em

    Não li o post até o final porque disse que poderia ter spoiler e eu quero assistir, me interessei. hahaha Não conhecia ainda, vou falar com maridão.
    Somos viciados em series.
    Bjão Giuli

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Depois me conta o que vc achou :)
      Beijos

      Responder
  12. Giovannabarbieri comentou em

    Giuli, ainda não assisti essa… Tô terminando Breaking Bad ainda! rs
    E posso te falar? Sou mega viciada em novelas!
    Beijos

    Blog|Canal

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      AMO novelas!!! hahahahahaha
      Nao assisti breaking bad. Vou colocar na minha lista… hehehe
      Beijos

      Responder
  13. Lana Moreira comentou em

    Quando a série me prende também fico assim inquieta em quanto não termino de assistir tudo e sempre fica aquela sensação como assim não tem mais pra passar. Vou dar uma olhada pra assistir. Beijos

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      O bom é que ela é curtinha, nao tem milhoes temporadas… Entao passa rapido! hehehehe
      Beijos

      Responder
  14. Prosa Amiga comentou em

    Somos parecidas nos gostos por novelas da globo e series da NetFlix.
    Sinceramente essa serie não me chamou atenção antes, agora depois da sua resenha até vou procurar olhar.
    Eu fiquei assim fissurada com uma novela mexicana que vi na NetFlix, enquanto não terminou eu passava na frente da tv olhando cada capitulo dos 197, mas valeu muito a pena a novela era ótima.
    Bjinhos,
    http://www.prosaamiga.com.br

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Adoro novelas… Sou viciada… Assisto tds se deixar! heheheh
      Beijos

      Responder
  15. millena comentou em

    Nossa que seriado incrivel
    é uma pena que isso acontece muito em nosso pais
    que uma pessoa paga pelo crime que nao cometeu

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      E isso aconteceu nos EUA, hein?!
      Nenhum pais, por mais desenvolvido que seja, esta imune de erros…
      Beijos

      Responder
  16. dany bello comentou em

    Ainda não vi essas série, mas fiquei super curiosa. Até anotei o nome para assistir.
    Beijos!!

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Depois me conta o que vc achou, Dany!
      Beijos

      Responder