Low Poo e No Poo: o novo jeito de tratar seus cabelos

Convidei a Stella, minha amiga que conheci através do #melhorgrupo no facebook, rainha do Loow e No Poo para contar para vocês um pouquinho mais sobre esse universo! Vem comigo com a Ste!

O ramo da beleza está sempre inovando, cada dia nos deparamos com novidades em maquiagens, dermocosméticos, esmaltes e produtos para cabelo, que fazem muito sucesso e nos levam à loucura!

Dessa vez, eu venho aqui contar sobre um movimento que vem ganhando cada vez mais popularidade: o low poo e no poo. Na tradução literal, seria algo como “pouco shampoo” (low poo) e “sem shampoo” (no poo), porém vai bem além do que simples significado do seu nome.

low-poo-no-poo-giuli-castro-01

Mas afinal de contas, o que é low poo e no poo? De onde veio? Como começou? A técnica foi criada pela cabeleireira americana Lorraine Massey, que lançou seu livro “Curly Girl: The Hanbook”, em que explica e dá dicas de como tratar um cabelo cacheado da melhor forma. Ela também é dona de uma marca de produtos de cabelo, a Deva Curl, que possuiu os direitos do termo “Low Poo/No poo”.

Em resumo, low poo é você lavar o cabelo com produtos que não contenham em sua lista de ingridentes: sulfatos fortes e derivados de petróleo. Os sulfatos fortes além de limpar todas as impurezas, também retiram demais a oleosidade natural dos fios (que é boa e essencial) causando um efeito contrário – tira a oleosidade demais-, então nosso corpo acredita que tenha que produzir mais óleo, então para quem já tem cabelo oleoso, isso é o terror! Os derivados de petróleo (óleo mineral, parafina e petrolato) já são como uma “maquiagem”, eles criam uma camada na superfície do cabelo, como se fosse uma capa, que dificulta a absorção dos produtos. Exemplificando, eles funcionam como uma base funciona para nossa rotina de maquiagem: você passa e deixa sua pele bonita na hora, mas não é capaz de tratando sua pele. É um efeito instantâneo e diria que ilusório. Então você  fazer o melhor tratamento do mundo, mas ele não irá penetrar no interior da fibra capilar, pois essa “capa” o impede de chegar até lá.  Só os sulfatos fortes são capazes de retirar os derivados de petróleo dos fios, então por isso se você parar de usar um, você precisa parar de usar o outro. O No Poo segue o mesmo que o loo poo, sendo um pouco mais restritivo, nele você também vai abolir os silicones insolúveis em água.

low-poo-no-poo-giuli-castro

Mas isso quer dizer que vamos ficar com os cabelos sujos? Não, pelo contrário! Existem muitos outros agentes limpantes, que cumprem muito bem a função de deixar nossos fios bem limpinhos e cheirosos e são esses que a gente vai usar e abusar.

Quando você resolve aderir ao Low Poo/No Poo, logicamente não são todos os produtos que você vai poder usar. Infelizmente na indústria o que mais tem são produtos repletos de sulfatos fortes e derivados do petróleo. Então você precisará de um pouco mais de atenção e cuidado em escolher o que usar. Por outro lado, com a popularidade das técnicas, diversos produtos de excelente qualidade estão aparecendo no mercado, até mesmo alguns que não são novos, de repente você até já usou ou usa e nem sabe.

Eu chamo carinhosamente o Low Poo/No Poo de reeducação alimentar dos cabelos, pois acho o processo bastante semelhante. Quando adotamos um novo estilo de vida na nossa alimentação, geralmente paramos de consumir industrializados, passamos a nos alimentar mais de produtos naturais e que nos ofereçam mais nutrientes. Nos cabelos a mesma coisa, quando você adota essa nova rotina, você vai alimentar o seu cabelo com agentes mais naturais e deixar de lado os mais industrializados. Assim como nosso corpo funciona melhor, nosso cabelo também irá. Ele ficará mais forte, mais brilhoso, mais macio e crescerá mais rápido.

low-poo-no-poo-giuli-castro-03

Se você se interessou por esse novo estilo de tratar os cabelos e não sabe por onde começar, a dica que eu dou é reunir todos os produtos que você tem em casa e ler os rótulos para saber quais são os ingredientes que eles possuem. Assim você separa os produtos que são liberados (os que são livres de sulfatos fortes e derivados do petróleo) e os que são proibidos (os que contém sulfatos fortes e derivados do petróleo). Existem produtos liberados de todos os preços, se você não tiver com uma graninha para investir em novos, isso não vai ser problema, pois você consegue produtos liberados por um preço super acessível!

Lista com os ingredientes e produtos  proibidos e liberados: aqui.

Beijos,

Stella

Comentar resposta para Maly Cancelar

Comentários

Comentários via blog

  1. Lilian Moraes comentou em

    Bem detalhado o conteúdo do post, gostei! Uma amiga minha utiliza essa “técnica” já tem um tempo e diz que adora, sentiu uma diferença gritante no cabelo dela.

    Beijos
    http://www.anaerica.com

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Obrigada, querida!
      A Ste arrasou no post, ficou bem didatico, ne?!
      Beijos

      Responder
  2. Váh comentou em

    Bem interessante esse negócio de low poo, porém quanto mais eu leio sobre, mais confusa eu fico…
    Mas parece que dá bastante resultado nos cabelos né? ;)

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Eu tb tinha essa impressao, mas achei esse post da Stella bem didatico.
      Beijos

      Responder
  3. Carolina R comentou em

    Minha cunhada tá fazendo e fiquei mega curiosa, a gente tem conversado bem sobre isso e juro que tô programando um post hahahha, transmissão de pensamento, mas vou esperar os resultados dela.
    bjs

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      hehehehehe.. Ja quero ver os resultados dela tb.
      O cabelo da Ste esta maravilhoso depois que ela mudou para essa tecnica.
      Beijos

      Responder
  4. Helô comentou em

    Ste arrasou!
    Só fazendo Low/No Poo pra entender o quanto muda a vida da gente!

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Ste arrasou mesmo, Helo! Sucesso total!
      Eu preciso aderir, mas to com tantos produtos aqui que nao consegui aderir ainda.
      Beijos

      Responder
  5. Camila Faria comentou em

    Acho muito bacana o Low e o No Poo, apesar de não ter aderido. Eu recebo muitos produtos para cabelo e acabo querendo testar tudo, então… Mas tenho alguns produtos Low e No em casa e quero experimentá-los em breve! \o/

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Sofro do mesmo que vc. Tenho tantos produtos em casa e ganho tanta coisa que nao consigo aderir totalmente a tecnica.
      Mas acho tão saudavel e o resultado e tão maravilhoso que estou sempre tentada.
      Beijos

      Responder
  6. Wanessa Oliveira comentou em

    Li a respeito sobre isso e achei a técnica fantástica. Tô querendo aderir usar o shampoo sem sulfato, sei que tem uma lista de produtos q já ajuda, pretendo seguir e ver os resultados. :)
    bjoka http://diadebrilho.com

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Tb to tentando aderir aos poucos a tecnica.
      A Stella ja aderiu e o cabelo dela mudou da agua para o vinho. Mto mais brilho, mais macio, mais bonito!
      Beijos

      Responder
  7. Ludmila Assumpção comentou em

    Que orgulhinho da Stella. Amei o Post, super didático e bem escrito. Eu ainda me converti de vez porque tenho muitos produtos ainda cheios, mas é um estilo de vida que pretendo adotar. Beijos lindas.

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      A Sté arrasou, ne?!
      Eu tb ainda nao me converti totalmente, mas acho muito interessante!
      Beijos

      Responder
  8. grazi comentou em

    eu já tinha ouvido falar sobre o assunto mas nunca tinha lido pra saber do que realmente se tratava! achei bem legal, e acaba sendo uma forma mais saudável de cuidar dos cabelos! adorei sua postagem!

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Sim, Grazi. E uma forma super saudavel para cuidar dos cabelos.
      Beijos

      Responder
  9. Ana Paula comentou em

    Gente, e eu que nunca tinha ouvido falar disso!?
    Vou pesquisar mais!
    Bjos!

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Pesquisa sim! E mto interessante!
      Beijos

      Responder
  10. Patrícia Cousseau comentou em

    aiii que legal Giu,
    não conhecia ainda!!
    Adooorei :)
    Beijooos!!

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Muito legal, ne?!
      Beijos

      Responder
  11. Maly comentou em

    Queria TANTO testar low poo… mas meu cabelo é tão oleoso que eu acho praticamente impossível.

    Responder
    1. Giuli Castro comentou em

      Eu tinha essa impressao tb, Maly! Mas ja vi muitas meninas dizendo que inclusive melhorou a oleosidade do cabelo :)
      Beijos

      Responder