Outubro Rosa & Esmalte da semana: Mod Square

O esmalte da semana em outubro é especial. Todo mês de outubro uso esmalte rosa para apoiar a campanha Outubro Rosa. Todas vocês sabem o que é a campanha do Outubro Rosa?

Para quem ainda não sabe, é uma campnha para a conscientizaçao das mulheres para a prevençao e o diagnóstico precoce do câncer de mama.  Atualmente, a campanha tem sido muito divulgada, varias personalidades e empresas apoiando e claro que o Blog Salada de Frutas não ficaria de fora. A loja online de lingeries Satina nos convidou para participar da campanha. A cada blog que aderir a campnha com eles, um sutiã será doado para mulheres pós-mastectomia no IBCC {Instituto Brasileiro de Controle do Cancer}. O IBCC atende pacientes do SUS e esta ação beneficiará muitas mulheres carentes. Para quem quiser participar também, é só acessar o link aqui. O blog apóia a causa e já está com o selo aqui ao lado.

O primeiro esmalte escolhido para a campanha foi o Mod Square da Essie. Adoro os esmaltes da marca, em geral, me dou muito bem com todos. Ele é um pink, bem barbie, lindo.

– Textura: bem cremoso. Nota: 4.5

– Cor: ele é um pink barbie maravilhoso. super fiel ao vidrinho Nota: 4.0

– Facilidade para passar: desta vez, nao fui eu que apliquei… fui na manicure. Então, vou pular esse quesito.

– Cobertura: com uma camada ja dava para notar que cobria bem, mas duas sao essenciais para não ficar manchas. Nota: 4.0

– Durabilidade: a duraçao foi boa. Passei sexta e na ontem a noite começou a descascar. Durou intacto 5 dias. Usei um novo top coat da Revlon, diferente do que eu usava antes. Foi a primeira vez que usei, entao depois de testar algumas vezes, venho contar o que achei dele, ok??! Nota: 4.0

Nota Final: 4.1. Lembrando que a nota máxima é 5.0

essie

Gostaram da minha unha de barbie?! Qual a cor vocês escolheram para essa semana?

Beijos

Outubro Rosa – Parte 2!

Lembram que eu ja falei aqui, um pouquinho sobre o que é o Outubro Rosa, né?!

Agora a Beauty Color, me mandou mais um release com novas informações e eu vim dividir com vcs! Afinal, informações sobre Cancer de Mama e como prevenir, nunca é demais, né?!

O mês de Outubro agora é rosa

Pode serempinado, siliconado, pequeno ou separado.

Não importa qual tipo, está todo mundo sujeito a desenvolver o câncer de mama.

O câncer demama é o mais freqüente, temido e o principal responsável pela morte de pessoasdo sexo feminino, correspondendo a 15% das mortes por câncer entre as mulheres.

Porquê do rosa?

O rosa foiutilizado para sensibilizar a população de forma bonita, elegante e feminina,motivando e unindo diversos povos em torno de ações voltadas a prevenção docâncer de mama. A cor rosa foi ganhando além de laços, acessórios e roupas,outros destaques. As cidades começaram a se iluminar de rosa, ajudando adivulgar a causa e como forma de lembrar as mulheres que o mês era deconscientização e prática de prevenção. >> Lembram que falei aqui sobre a iluminação rosa?

O que é?

O câncer demama é o resultado de um processo celular desordenado, que se transforma numtumor maligno na área das mamas.

Quanto mais rápido e precoce o diagnóstico, menor é a chance de comprometimento em outrosórgãos e maior a possibilidade de cura da paciente.

Isso significa que é preciso identificar o tumor no início do seu surgimento, o quepode aumentar as chances de cura em 95%. A detecção precoce pode ocorreratravés do autoexame e a mamografia, que é um raio-X da área das mamas.

Causas

A cargagenética e o histórico familiar são as principais causas do câncer de mama, masnão são as únicas. Uma alimentação saudável, prática de atividade física econtrole do peso corporal podem evitar até 28% dos casos.

A melhorforma de prevenção é divulgar, informar e fazer o seu exame.

Use rosa pink, rosa antigo, rosa claro. Se joga no rosa e previna-se.

Links de divulgação:

Saiba mais sobre a campanha:
https://www.facebook.com/event.php?eid=256623947714195

Confira os vídeos da campanha: http://www.youtube.com/videosoutubrorosa

Personalize seu avatar no twitter ou facebook clicando aqui:http://twibbon.com/join/Breast-Cancer-Research

Eu ja personalizei o meu do Twitter! Aproveita e me segue lá @GiuliCastro

Outubro Rosa!

Eu adoro falar sobre moda, beleza, maquiagem e afins. Porém hoje, venho com um post mais do especial! E, queria pedir, para que todos (homens e mulheres), leiam até final e se quiserem passem para frente. é muito importante.

A campanha Outubro Rosa foi lançada nos Estados Unidos ha mais ou menos 10 anos atrás com o intuito de alertar as pessoas (homens e mulheres) sobre os riscos e a necessidade de prevençao do cancer de mama.

Hoje, dia 04/10, foi lançado nacionalmente, a campanha Outubro Rosa aqui no Brasil.Para celebrar a data, o Cristo Redentor e a Igreja da Penha, no Rio de Janeiro, além do Palácio do Planalto em Brasília, serão iluminados de rosa, a cor do movimento. Outros monumentos e locais simbólicos em outras cidades também ganharão a iluminação especial. A empreitada é coordenada pela Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio À saude da Mama (Femama).

Outras ações também acontecerão ao longo deste mês de outubro, como: palestras, caminhada, corrida, e movimentos da iniciativa privada que também apoiam a campanha, chamando a atenção para a luta contra a doença.

“O objetivo da mobilização é conscientizar as pessoas sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. Quanto mais cedo o diagnóstico, maior a chance de cura”, ressaltou a técnica da Sesau, Rita Webster, acrescentando que a mamografia é o único exame capaz de rastrear e diagnosticar o câncer de mama.

Ainda de acordo com Rita Webster, a mamografia é recomendada para mulheres que estão dos 50 a 69 anos, onde existe o maior índice de câncer mamário. Em relação aos homens, não há uma idade com maior probabilidade de desenvolver a doença, por isso, todos devem ficar em alerta e realizar o autoexame.
Para realizar o exame, as mulheres devem solicitá-lo na Atenção Básica, já que existe um programa do Sistema Único de Saúde (SUS) especificamente com esta finalidade. E para monitorar a incidência da doença em todo o Brasil, o Ministério da Saúde (MS) criou Sistema de Informação do Controle do Câncer de Mama (SISMAMA), que permite o rastreamento e avaliação rápida dos dados de câncer de mama.

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de mama é o segundo tipo mais comum da doença no mundo e o mais frequente entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos. O número anual de ocorrências no país é estimado em cerca de 49 mil e, embora menos comum, homens também podem ser atingidos.

Ainda segundo o INCA, as taxas de mortalidade por câncer de mama no Brasil continuam elevadas, e um dos prováveis motivos é o diagnóstico tardio. Em 2008, ano do último levantamento feito no país, foram registradas 11.860 mortes em decorrência da doença. Das vítimas, 11.735 eram mulheres e 125 homens. Na população mundial, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a sobrevida média após cinco anos é de 61%.

Sintomas e fatores de risco


Além do aparecimento de nódulos no seio e na região da axila, os principais sinais da doença, cuja incidência cresce em mulheres a partir dos 35 anos, são alterações no formato, na coloração e na textura da mama. Os mamilos podem ainda retrair-se, inchar-se ou apresentar secreção.

Para prevenir a enfermidade é recomendado praticar exercícios físicos com regularidade, não fumar e adotar uma dieta equilibrada, sem o consumo de bebidas alcoólicas. Mulheres que menstruaram antes dos 12 anos, com histórico da doença na família e que não tiveram filhos ou foram mães após os 30 anos devem ficar atentas. A exposição excessiva a tratamentos com Raio X e estrógeno também se constituem em fatores de risco.

Detecção e tratamento
Embora amplamente divulgado pela mídia, o autoexame não é indicado pelo INCA, pois pode aumentar o número de biópsias desnecessárias e trazer uma falsa sensação de segurança à mulher. A maneira mais eficaz de detectar a doença é através de consultas com profissionais qualificados. O exame clínico das mamas deve ser feito uma vez por ano pelas mulheres que têm entre 40 e 49 anos. A partir dos 50, a mamografia (raio-x das mamas) deve ser realizada a cada dois anos, ou de acordo com prescrição médica.

Uma vez constatada a presença de uma lesão suspeita, o médico indicará uma biópsia, que determinará se o tumor é maligno ou não. Caso o resultado seja positivo, o tratamento pode ser feito com quimioterapia, radioterapia e através de intervenções cirúrgicas para remover o nódulo. A mastectomia (retirada total da mama) é indicada somente em casos mais graves.

Em dezembro deste ano, vai fazer 10 anos que eu perdi uma tia muito querida, vítima do cancer de mama. Naquela época, as condições eram outras, a tecnologia não estava tão avançada neste setor e não tínhamos muitas medicações e outras armas para lutar contra o cancer de mama.

Falo isso, porque trabalhei de 2007 até começo de 2010, diretamente, em centros de oncologia e posso dizer que hoje, sim, temos muitas armas para lutar contra. Porém, quanto mais cedo diagnosticada a doença, mais fácil e mais rapida é a resposta do tratamento. Portanto, os exames para diagnosticar a doença mais cedo, são de extrema importancia. Apesar do INCA não indicar, o auto-exame, por exemplo, podemos fazer em casa mesmo e nao tem custo. Se houver suspeita, entre em contato com o seu médico, que te indicará outros exames e, se for o caso, uma biópsia.

Cancer de mama não é uma doença só de mulheres. Portanto, meninos e meninas, fiquem atentos e façam todos os exames preventivos. Vamos no juntar na lutra contra essa doença que atinge milhoes de pessoas no mundo.

Fonte: Jornal do Brasil